Como podar rosas

Técnicas para a poda de roseiras

Antes de saber como podar rosas com sucesso, é preciso conhecer algumas técnicas. Mas antes, vamos falar um pouco dessa linda planta. A preferida de milhões de pessoas.

Então, uma planta que apesar de ter espinhos que requerem cuidados no seu manuseio e cultivo, também é a flor símbolo do amor, do carinho e da fraternidade. Portanto, quanto mais conhecemos as roseiras mais surgem novidades sobre as mesmas e maior é a nossa admiração por elas, não é mesmo?

Muitas pessoas tem pena de podar as roseiras. Mas é muito importante, pois sobretudo é a poda que estimula a fortificação e a fim de que a planta tenha uma grande produção de rosas. Então, para ter rosas como essas da foto, você precisa necessariamente, fazer a poda!

Botões de Rosas brancas após a poda
Botões de Rosas brancas após a poda

Modalidades de roseirasSaiba como podar rosas

Roseiras são plantas que existem em várias modalidades, que vão das minis roseiras, às roseiras trepadeiras, rosas gigantes, rosa dobradas e as simples que também são belas.

Além disso, as roseiras podem dar rosas de todas as cores: do branco intenso à rosa negra. Uma curiosidade é que tem algumas espécies de plantas que são chamadas de rosa, mas que não são da família das rosáceas, como por exemplo a rosa-do-deserto.

Dormência – quando se faz a poda de roseiras

As roseiras são plantas caducifólias. Ou seja: uma vez ao ano renovam todas as suas folhas. Não deixa de ser um processo de higiene, pois a planta deposita seus excrementos na folha que quando morre, joga esses excessos que já não são mais úteis para fora do seu organismo. Legal, não é mesmo?

substrato fertilizante 6 em 1
substrato fertilizante 6 em 1

Além disso permitem que sol chegue no centro da planta, o que é importantíssimo para seu desenvolvimento.

Quando entram em dormência, todos os tipos de roseiras diminuem a produção de flores. Isso acontece no fim do outono e no decorrer de todo o inverno.

Então, no hemisfério Sul o inverno é o tempo para poda de rosas. Mas não esqueça de deixar o período de geadas passar, pois elas podem danificar muito os novos brotos. Então, se puder, deixe para fazer a poda de rosas bem no finalzinho do inverno. Viu como não é difícil saber como podar rosas?

Rosa Amarela Jardineiro Amador
Rosa Amarela Jardineiro Amador

Em que lua se faz a poda de roseiras?

As pessoas tem uma grande dúvida quando querem aprender como podar rosas; e geralmente, perguntam se há uma lua própria para a fazer a poda das roseiras? Não há nenhuma evidência científica.

Mas há uma certeza popular que as roseiras devam ser podadas nas luas nova e/ou crescente. E o Jardineiro Amador já fez essa experiência. E por mais incrível que possa parecer, as roseiras podadas nessas luas produzem mais flores.

A poda de roseiras feita anualmente, de forma regular auxilia no crescimento das plantas e produção de flores. Essa foto é de uma roseira amarela plantada e cuidada pelo Jardineiro Amador. Veja, então, se temos ou não temos razão?

Passo a passo de como podar rosas

Primeiro de tudo você deve ter uma boa tesoura para usar na poda de rosas. Ela deve estar bem afiada e limpa (esterilize com fogo, água sanitária ou álcool) para não magoar os galhos podados.

A poda pode ser de formação para os tipos de roseiras que são trepadeiras, por exemplo, dando às mesmas a forma e a condução que se deseja, permitindo o arejamento e a entrada de sol na planta, eliminando-se os ramos secos, fracos ou doentes. Para saber como podar rosas, portanto, você deve seguir a risca esses segredinhos.

Já na poda de limpeza são eliminados os ramos improdutivos ou mortos ou que estão muito compridos. Muitas plantas precisam de podas para produzirem mais flores e terem saúde.

Identifique o caule da roseira. Dele saem os ramos. Esses devem ser podados. Contudo, preservando-se o caule. Portanto, não tenha medo. Pode todos os galhos que saem do caule. Mas antes, identifique o gomo ou nó (olho de broto) para fazer o corte correto.

Esses gomos ou nós (olhos de broto) estão sempre onde saem as folhas. É recomendável deixar sempre dois olhos de broto e que se faça o corte a um ou dois centímetros do gomo.

Em que ângulo o corte dos ramos das rosas deve ser feito?

Entretanto, temos uma dica muito importante quando você for aprender como podar rosas é cortar sempre na diagonal, num ângulo de 45º (faça como na foto deste post) para que a água das chuvas e das regas não se acumulem, propiciando o aparecimento de fungos e doenças. Assim também deve se proceder quando se colhem as flores.

Desta forma, lembre-se que para sua roseira ter saúde ela precisa estar sempre limpa, com a retirada de todas as folhas e flores secas. No entanto, nunca jogue os restos de poda e de limpeza perto da planta para não atrair pragas. Porém, jamais se esqueça de usar os galhos podados para fazer novas mudas ou mesmo enxertia.

Contudo, não se esqueça de um detalhe muito importante: após a poda, leve para longe da planta mãe, todos os ramos, folhas e flores retiradas para evitar a atração de pragas, como fungos, ácaro, cochonilhas, formigas, pulgão, etc.

Use os galhos podados para fazer mudas

No momento em que estiver fazendo a poda, você vai ter uma grande oportunidade de fazer uma seleção de excelentes estacas retiradas da sua roseira, para fazer mudas.

E, a época das mudas serem feitas é exatamente nos meses de dormência da planta. Por isso, aproveite…

Logo depois de fazer a poda, faça uma seleção dos galhos podados que sejam os mais viçosos e saudáveis. Pode ser galhos com subdivisões na parte superior. Corte as pontas e deixe com pelo menos 30 centímetros, retirando as folhas.

Seja como for, nunca se esqueça de manter os ângulos dos cortes.

Antes de tudo você deve procurar usar um bom enraizador. No momento em que fizer a seleção das estacas para fazer as mudas, prepare uma vasilha com água com o enraizador. Temos um vídeo bem legal, ensinando a fazer enraizador natural.

Rosa do deserto do jardineiro amador

Deixe os galhos ou estacas que formarão as mudas mergulhados na água com enraizador por pelos menos 2 dias.

Neste ínterim, prepare vasos com terra orgânica para plantar e fazer as mudas. Faça uma pequena cavidade com um perfurador, enterre a estaca na terra por cerca de 10 centímetros e deixe em local bem iluminado sem pegar sol direto. Faça uma rega leve, uma vez por semana.

Se puder, use um esteio para amarrar a estaca, evitando que elas se mova. Como resultado, ela vai formar melhor o processo de enraizamento.

Assim que você notar que os brotos estejam saudáveis e viçosos, já pode fazer o transplante das mudas, com todo o cuidado para o lugar definitivo.

Devo adubar as roseiras quando fizer a poda?

A resposta é sim!

Do mesmo modo que as roseiras precisam de uma poda anual, elas necessitam de adubações e, como já dissemos, limpezas constantes.

De tal forma que a adubação fortifica a planta, entregando os nutrientes que necessita para o seu completo e saudável desenvolvimento.

Assim como as pessoas, as plantas também precisam ter uma alimentação balanceada e correta.

Seja como for, acerta na adubação é ter a certeza de ter floradas constantes, intensas, com plantas saudáveis que trazem alegria e colorido para a casa e jardim.

Então, além de saber como podar rosas, você deve saber também como adubar rosas.

Em primeiro lugar, como referido, a poda das roseiras se faz uma vez ao ano.

Ao passo que a adubação deve ser feita, no mínimo 4 vezes ao ano quando as roseiras estiverem plantadas na terra.

Com toda a certeza, se as roseiras estiverem plantadas em vasos, você você deve fazer adubação mensal

De tal sorte que adubando, terá resultados muito melhores e surpreendentes.

Como fazer a adubação das roseiras em canteiros

De acordo com a natureza dessa planta, ela é muito sensível. Em contrapartida, se você fizer o manejo correto, pode ter roseiras por muitos anos.

Existem plantas com vida muito longa, que podem facilmente ultrapassar 40 anos ou mais.

Dessa forma, tome todo o cuidado quando for fazer as adubações.

Só para exemplificar, escolha um adubo de boa qualidade. De preferência orgânico.

Faça três furos em forma de triangulo ao redor da roseira. Mas tenha cuidado! Mantenha uma distância de pelo menos 20 centímetros do pé da roseira em cada furo.

Os furos devem ter uma profundidade de pelo menos 10 centímetros de tal sorte que possam ser completados com o adubo na quantidade de 500 gramas gramas por pé.

Dessa maneira, complete os furos com o adubo fertilizante. Depois que completar, cubra com uma leve camada de terra.

Outra técnica muito legal é a do coroamento, se bem que exige alguma experiência é muito cuidado.

Cave um círculo de cerca de 5 centímetros de profundidade ao entorno de toda a base da roseira, mantendo uma distância de pelo menos 20 centímetros de raio. Não afunde mais que isso com a finalidade de não lesar as raízes.

Em seguida preencha esse sulco com o adubo ou esterco, conforme comentamos abaixo.

Em seguida, faça uma rega bem leve.

Como fazer adubação de roseiras plantadas em vasos

Em princípio o processo de adubação de roseiras plantadas em vaso é o mesmo que as roseiras plantadas na terra.

Entretanto, em roseiras plantadas em vasos, evite de todas as formas fazer o coroamento.

Não se esqueça, também, que os vasos precisam ser bastante grandes. O ideal é que tenha capacidade de pelo menos 100 litros de terra. Assim também, devem ter boa profundidade com o fim de permitir que as raízes das roseiras se alastrem com conforto.

O que muda é a frequência, que de acordo como já referimos, o ideal é que seja mensal.

Outra dica muito legal, é você mudar a cobertura da terra do vaso, sempre que efetuar a poda da roseira.

Desse modo, você vai repor os nutrientes necessários com a finalidade de manter a fortificação da planta.

Assim sendo, use uma pazinha de jardinagem e remova uma capa de cerca de 5 centímetros da terra que recobre o vaso. Em seguida, reponha essa camada usando uma terra orgânica renovada, de boa qualidade.

Se puder, use a terra orgânica turbinada do Jardineiro Amador que tem todos os componentes naturais para recompor seu vaso.

Bosta em pacote do Jardineiro amador
Bosta em pacote do Jardineiro amador

Antes de mais nada, faça tudo com muito cuidado, sempre evitando lesionar as raízes mais superficiais da roseira.

Da mesma forma, em seguida, faça uma rega bem leve.

Que adubo ou substrato fertilizante usar nas roseiras?

Com toda a certeza, quem planta roseiras quer colher muitas rosas, não é mesmo?

Então existem vários adubos e substratos que podem ser utilizados.

Antes de mais nada, não se pode esquecer que a adubação deve ocorrer desde o plantio e por toda a vida das roseiras.

Finalmente agora que suas roseiras estão plantadas, seja na terra ou em vasos, é hora de escolher o adubo certo.

Nós, do Jardineiro Amador, preferimos produtos naturais e orgânicos.

Então, se você tiver acesso a esterco de currar curtido, pode usar. Mas tome cuidado para que esteja bem curtido. Pode ser estrume de gado, porco, aves ou carneiro. Em princípio evite esterco de cavalo. Sempre procure saber a procedência antes de usar.

A fim de atender nossos amigos e amigas, o Jardineiro Amador desenvolveu um excelente adubo que pode ser usado com toda a segurança e confiança nas suas roseiras plantadas na terra ou em vasos.

É o substrato fertilizante 6 em 1 do Jardineiro Amador que pode ser usado na sua horta, pomar e jardim, para fazer suas plantas crescerem florescerem e frutificarem.

Videos no canal do Youtube do Jardineiro Amador

Temos alguns belos vídeos no nosso canal no YouTube. ensinando a podar roseiras.

E, também, temos muito material ensinando como cultivar todos os tipos de roseiras, como fazer mudas de roseiras por estaquia e como fazer enxerto de roseiras aqui no nosso site e no YouTube.

Ademais, você encontra todos os produtos que precisa para sua casa e jardim em nosso site. Nas nossas redes sociais também temos posts sobre adubação de roseiras com nossos substratos fertilizantes.

Finalmente, deixe suas dúvidas e comentários aqui embaixo deste post. Se inscreva no nosso canal no YouTube e acione o sininho para receber postagens de novos vídeos todas as semanas. E antes demais nada, tenha uma boa sorte!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sobre nós

Informações, dicas e técnicas sobre jardinagem amadora e de implantação, cultivo e manutenção de hortas orgânicas e pomares caseiros.

116,327FãsCurtir
51,000SeguidoresSeguir
144SeguidoresSeguir
288,000InscritosInscrever
* indicates required

Nossos Parceiros

Popular Populares