Início Horta Tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica

Tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica

Inegavelmente a cada dia mais e mais pessoas estão procurando ter uma vida saudável, portanto fizemos esse post com tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica.

Antes de tudo, saiba que agora também temos um canal no TELEGRAM. Se inscreva para receber notícias e postagens.

Por que fazer uma horta?

Provavelmente você já ouviu falar que cada dias mais e mais pessoas têm adotado um comportamento em busca de uma vida mais simples. É o chamado movimento minimalista, que de fato, quer dizer viver mais e melhor com menos.

Outrossim, um dos hábitos que estão mudando radicalmente entre as pessoas de todo o mundo, diz respeito à alimentação. Surpreendentemente a onda vegetariana e vegana tem ganho milhares de novos seguidores e adeptos a cada dia.

Do mesmo modo, a procura por produtos produzidos de forma orgânica, está instalado em todas as partes do mundo. Assim, em várias cidades já existem mercados, feiras e mesmo grandes supermercados de produtos orgânicos.

A fim de atender essa nova demanda, dezenas de produtores rurais já estão adotando as práticas de produção de frutas, hortaliças e verduras orgânicas, tudo porque o consumo destes produtos é cada dia maior.

Portanto, chegou a hora de você também pensar em ter sua horta caseira orgânica para cultivar seus produtos de forma saudável e ter a alegria que conviver de forma mais íntima com a natureza e dessa forma também saber a origem do que está consumindo, e com toda a certeza, economizar uma bom dinheiro.

O que está levando as pessoas a consumirem produtos orgânicos?

Primeiramente, temos que lembrar que de forma assustadoramente rápida (em menos de 40 anos) aconteceram, sobretudo no Brasil, três fenômenos: cidades pequenas ficaram grandes; muitas pessoas criadas no interior migraram para grandes centros urbanos atrás de formação, qualidade de vida e emprego; a cultura de produção agrícola doméstica deixou de existir em parcela significativa da população.

Certamente isso trouxe reflexos. Só para ilustrar, quem viveu na cidade pequena se lembra que era muito comum nos anos 60, 70 e 80 do século XX cada casa ter sua horta, pomar e jardim. E mesmo as suas criações domésticos que abasteciam a cozinha.

O processo de crescimento urbano e a migração trouxe mudanças de hábitos. Mas, inegavelmente, quem conheceu aqueles tempos, tem os ótimas lembranças na sua memória afetiva. E quem não conheceu, sobretudo os mais jovens, ao ouvirem falar, querem conhecer.

Temos um post bem bacana falando sobre isso, aqui no Blog do Jardineiro Amador, com o título : Por que você deve saber cultivar sua horta, pomar ou jardim?

Então é hora de conhecer tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica

O que plantar numa horta – tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica

Talvez você já tenha alguma experiência com o cultivo de uma horta. No entanto, sempre é bom dar uma boa reciclada nos conhecimentos, não é mesmo?

Antes de tudo, é preciso não ter medo de começar. Sabe por quê? Porque é muito fácil fazer uma horta caseira orgânica.

E no momento em que você tiver essa certeza, vai saber que pode plantar de tudo. Como por exemplo: verduras como alfaces, rúcula, couve, agrião, mostarda, acelga, pimentas, etc. Ou chás e condimentos, tais como : salsa, cebolinha, coentro, hortelã, salsão, alho, erva doce, tomilho, açafrão da terra, alecrim, gengibre, louro, manjericão, sálvia, orégano e muitos outros. Ou ainda, verduras tais como batata doce, quiabo, cenoura, beterraba, tomate, berinjela, pimentões, aipim, milho verde, feijão e muito mais.

O que você vai plantar na sua horta, depende da sua vontade e do seu gosto. Mas, com toda a certeza, também depende do espaço que você tem para montar a sua horta.

Contudo,local já não é mais problema, pois você pode tranquilamente plantar em pequenos espaços, como por exemplo na hortinha auto irrigável do Jardineiro Amador, ou mesmo no canteiro em forma de pirâmide do Jardineiro Amador que, só para ilustrar, ocupam pouco espaço e podem ser instalados em varandas, sacadas, clubes, condomínios e escolas.

Imagem de hortinha auto irrigável
Imagem de hortinha auto irrigável

Qual o material necessário para montar uma horta caseira orgânica?

Tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica está inserido dentro da boa vontade e da iniciativa. Então primeiramente você precisa seguir dois conceitos. O primeiro: fazer um pouco a cada dia e a cada dia um pouco. O segundo: fazer as coisas pequenas enquanto não puder fazer as coisas grandes.

Primeiramente, o importante é começar. De tal sorte que depois que você decidiu montar sua horta, vai precisar do material básico.

Que tal começar com uma uma pequena horta de temperos? Então vai precisar de alguns vasos pequenos (de porcelana, alumínio, plástico ou mesmo garrafas pet) que sempre devem ser furados para permitir a drenagem da água. Assim que tiver escolhido os vasos você vai precisar de terra rica em compostos orgânicos.

Se você não tiver acesso a essa terra, encontra facilmente para comprar em lojas agropecuárias e mesmo em supermercados. O Jardineiro Amador tem terra orgânica turbinada em sua loja virtual.

Com a finalidade de começar seu cultivo, você vai precisar também de algumas ferramentas para jardinagem, como pazinhas e ancinhos. Tudo muito simples. Se quiser, pode conhecer a caixa de mini ferramentas do jardineiro amador.

Igualmente será muito útil um regador pequeno, um pulverizador e uma boa tesoura de poda. Nada muito sofisticado ou caro.

Com toda a certeza, você vai precisar de bons inseticidas orgânicos também. Os melhores e de uso universal, são o óleo de neem e a calda bordalesa, que são um santo remédio para múltiplas doenças e super fáceis de serem usados conforme veremos adiante.

Em conclusão, você vai precisar de muito pouco para começar, não é mesmo? A medida que for ganhando experiência e tendo espaço, pode expandir sua horta e adquirir mais materiais. Mas isso é assunto para mais adiante…

Qual o local mais adequado para você montar a sua horta caseira orgânica?

Assim que você decidir fazer sua horta, é muito importante escolher o local que sem dúvida vai fazer muita diferença na saúde das suas plantas e no sucesso da produção das suas verduras, chás e hortaliças .

Tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica inclui escolher um lugar certo, que tenha boa luminosidade, já que o sol é importante; e que seja protegido de ventos fortes e possa receber insetos polinizadores como por exemplo as abelhinhas sem ferrão.

Aí você pode perguntar: qual a incidência de sol necessária para a minha horta caseira orgânica? A resposta correta vai depender do tipo de planta que você for cultivar. Algumas precisam de muito sol e mesmo de sol constante. Entretanto, outras são muito sensíveis ao sol.

Com toda a certeza o meio termo é o caminha certo, de tal forma que o ideal é que sua horta apanhe algumas horas de sol, preferencialmente pela manhã. Mas, nada impede que seja à tarde.

Desse modo, se você pesquisar um pouco sobre cada planta que vai cultivar, facilmente vai identificar aquelas que precisam de maior quantidade de incidência solar como a salsa, a hortelã, a cebolinha o coentro, a cenoura; bem como aquelas que preferem uma exposição ao sol mais moderada, como a beterraba, a couve e a berinjela.

Imagem de uma horta ogânica suspensa
Imagem de uma horta ogânica suspensa

Como organizar a sua horta caseira orgânica?

Enquanto você planta sua horta, deve imaginar como ela vai ficar quando as verduras, hortaliças e chás estiverem no ponto para colheita ou no tamanho adulto.

Certamente essa informação é muito importante, posto que tem plantas que crescem muito, como só para exemplificar a berinjela, o milho verde e o quiabo. Enquanto outras ficam pequenas e mesmos se propagam de forma rasteira, como por exemplo a alface e a hortelã.

Então dois cuidados devem ser observados na organização da sua horta.

O primeiro diz respeito ao espaçamento entre as plantas afim de que uma não faça sombra sobre a outra e mesmo não roube os nutrientes da outra. Cada espécie merece ser plantada em espaços que permitam o desenvolvimento correto da planta, portanto.

O segundo é ainda mais importante, que é saber qual a altura que a planta vai ter quando ficar adulta. Esse detalhe deve ser observado de tal sorte que o recipiente onde a planta for cultivada esteja em tamanho adequado a sua necessidade com o fim de permitir a sua boa desenvoltura.

Hortas feitas em canteiros

Da mesma forma essa atenção precisa ser observada quando você for cultivar a sua horta em vasos, de modo a organizar os vasos de acordo com o tamanho de cada planta e também fazer a sua distribuição para que todos tenham o lugar adequado à incidência da luz do sol.

Ao passo que se você for plantar suas verduras, chás e hortaliças em canteiros, esse cuidado também deve ser observado, com a finalidade de permitir a incidência da luz solar sobre toda a horta.

Em hortas feitas em canteiros, o ideal é alternar canteiros elevados com canteiros rasteiros, como demonstrado na foto que ilustra a abertura dessa postagem. Assim, nos canteiros altos você planta as hortaliças, verduras e chás que não tem altura, como por exemplo alfaces, rabanete e cenouras. Já nos canteiros rentes ao chão, você planta o que for ganhar mais altura, como só para exemplificar o milho e o aipim.

Com efeito, uma planta não vai fazer sombra para outra. Ou o que é melhor, talvez algumas plantas que precisem do sol, possam fazer a sombra para proteger aquelas que não podem sofrer a incidência constante da luz solar.

Imagem do Canteiro Grande para hortas em espaços pequenos com plantas
Imagem do Canteiro Grande para hortas em espaços pequenos com plantas

Como preparar a terra – tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica

Do mesmo modo como você precisa ter atenção na escolha dos vasos, do tamanho das plantas, do local onde vai cultivar, você precisa ter atenção à qualidade da terra que vai usar.

Em síntese todas as plantas necessitam de três componentes básicos: luminosidade adequada a sua natureza, incidência de água de acordo com a necessidade de cada espécie e atendimento nutricional em conformidade com a exigência necessária para o seu desenvolvimento.

O famoso paisagista Burle Marx tem uma frase memorável sobre as plantas. Ele dizia que cultivar plantas não tem segredo. Segundo ele, cada planta precisa da dose certa de “luz solar + titica + água”. O segredo era saber a dose certa para cada espécie.

Com toda a certeza quase todas as verduras, chás e hortaliças precisam da mesma terra para se desenvolver e produzir bem. E a fórmula é simples: 4 pás de terra orgânica peneirada (pode ser terra de jardim) + 1 pá de areia lavada de rio + mais 1 pá de esterco de curral bem curtido (de preferência gado, aves ou ovelhas). Misturar e peneirar.

O Jardineiro Amador tem um vídeo bem legal no nosso canal no Youtube, ensinando como fazer terra adubada para flores, frutas e verduras.

Como adubar e como regar sua horta?

Ao mesmo tempo em que nós precisamos de uma alimentação saudável, também as plantas precisam de nutrientes que as façam crescer com saúde e sem doenças.

Então, se você quer colher verduras, chás e hortaliças saudáveis e viçosas, precisa se preocupar em manter sua horta caseira orgânica muito bem adubada.

Já no preparo da terra, que vimos no item anterior, você pode acrescentar substratos orgânicos que são adubos super potentes que vão ajudar as suas plantas em todo o seu ciclo de vida.

Estamos falando do bokashi milagroso, do substrato fertilizante 6 em 1 e do substrato fertilizante 3 em 1 do Jardineiro Amador.

Esses adubos são fórmulas exclusivas que você encontra na Loja do Jardineiro Amador

Com dosagens muito pequenas você alcança resultados surpreendentes.

Mas, é importante que você faça adubações mensais, ou mesmo quinzenais das suas plantas, de acordo com a dosagem e a necessidade de cada uma.

Não apenas adubar, como também regar é extremamente importante. Algumas plantas necessitam de maior incidência de regas. Enquanto outras não gostam de muita água. Mas uma verdade é universal. Todos os seres vivos necessitam de água para viver. Então, procure se informar sobre a necessidade de rega de cada espécie. Mas de fato, como regra geral, uma boa regada uma vez por semana, sem encharcar, na grande maioria das vezes é mais que suficiente para manter suas plantas hidratadas.

Como plantar? Semear ou usar mudas prontas?

Inegavelmente essa é uma dúvida que está dentro das dúvidas que todo mundo que quer começar uma horta tem.

Então tudo o que você precisa saber para fazer uma horta caseira orgânica vai ajudar você na busca destas respostas.

Tem plantas que precisam ser semeadas diretamente no local definitivo, posto que não podem ser transplantadas. Por exemplo, a cenoura, o milho, o feijão, a vagem, o alho, a abóbora e a batata doce.

Outras, precisam ser semeadas numa sementeira para depois serem transplantadas para o local definitivo, como por exemplo os alfaces, o coentro, a salsa, o tomate, a berinjela e o quiabo.

Também existem aquelas que podem ser plantadas por divisão de touceiras como por exemplo a hortelã, o tomilho e a cebolinha verde. Isso não quer dizer que também não possam ser plantadas por sementes (o que nestes exemplos é menos fácil).

Por fim, existem as verduras, hortaliças e chás que se reproduzem facilmente por estaquia (ou seja, por galhos), como por exemplo o alecrim, a couve (que solta pequenas mudinhas no caule das plantas adultas) e o aipim.

Cada uma dessas plantas tem seu modo de ser plantada. Dessa maneira, é importante que você pesquise um pouco caso não tenha experiência ou esteja começando uma horta.

No canal do Jardineiro Amador no Youtube, com toda a certeza você vai poder assistir mais de 200 vídeos ensinando o passo a passo para plantar sua horta caseira orgânica e vai encontrar dicas sobre dezenas de plantas para cultivar na sua horta.

Como conservar sua horta caseira orgânica

Nós já vimos que as plantas precisam de sol, adubações e regas. Entretanto, é importante ficar atento com outros pequenos detalhes, que na verdade não tomam muito tempo e nem requerem experiência.

Acima de tudo, as plantas exigem muito pouco da gente. Elas precisam de um pouquinho da nossa atenção. Então, antes de mais nada, é importante olhar para elas de vez em quando. Uma ótima oportunidade para fazer isso, é quando nós vamos molhar nossa horta.

Por isso, com a finalidade de evitar que as verduras, hortaliças e chás ou condimentos adoeçam, você deve sempre fazer a limpeza, com a retirada das folhas e flores secas.

Mas não se assuste, isso não leva mais que cinco minutos por semana.

Com toda a certeza, assim como nós, as plantas também adoecem. É muito comum pegarem fungos, ácaros, cochonilhas pulgões e outras pragas, como por exemplo serem atacadas por formigas carregadeiras.

Para evitar que sua horta adoeça, você pode tomar cuidados preventivos, como por exemplo pulverizar uma vez por mês óleo de neem e calda bordalesa. Ou, quando estiverem sob ataque de pragas pulverizar uma vez por semana.

Já para combater formigas carregadeiras, temos muitas dicas bem legais, num post que fizemos aqui no Blog do Jardineiro Amador. E, no nosso canal no Youtube, temos um vídeo com mais de 2 milhões de visualizações onde também damos dicas de como acabar com formigas carregadeiras.

Então, vamos começar a fazer uma horta?

Sobre nós

Informações, dicas de técnicas e equipamentos sobre jardinagem amadora e de implantação, cultivo e manutenção de hortas orgânicas e pomares caseiros.

109,929FãsCurtir
46,106SeguidoresSeguir
109SeguidoresSeguir
280,000InscritosInscrever